→ Aceleradoras

Incubadora MIDITEC está com inscrições abertas

O programa, da ACATE em parceria com o Sebrae, está recrutando cinco startups com ideias inovadoras e potencial de escalabilidade

O MIDITEC, incubadora gerida pela ACATE e apoiada pelo Sebrae/SC, está selecionando startups para seu programa. São cinco vagas, quatro para incubação residentes — onde os empreendedores usam a infraestrutura da ACATE — e uma para incubação virtual, quando a empresa possui sede própria. As inscrições seguem até dia 19 de agosto, pelo link: https://gust.com/programs/miditec-incubacao2018.

Para selecionar as startups o MIDITEC utiliza os critérios de avaliação globais a seguir: a solução em si, se ela é inovadora, qual sua proposta de valor e estágio de desenvolvimento da empresa; o tamanho de mercado e concorrentes; o modelo de negócio, quais são as estratégias da startup; a parte financeira, se há viabilidade econômica para o negócio se sustentar; a equipe, se há dedicação total a startup e ao programa; e por fim, o alinhamento geral com o programa.

O processo seletivo ocorre em cinco etapas, sendo a primeira a inscrição das startups, com o preenchimento do formulário e encaminhamento de vídeo de pitch até dia 19 de agosto, por meio deste link. O resultado desta etapa será divulgado no dia 24 de agosto. As propostas que forem selecionadas seguem para etapa de qualificação onde haverá a conferência de todas as informações obrigatórias solicitadas. Em seguida, é realizada uma avaliação de especialistas em relação ao modelo de negócio; seguindo para entrevista com a equipe do MIDITEC e por último a banca de avaliação. O resultado final com as classificadas será divulgado até dia 4 de outubro.

Uma das empresas participantes do programa foi a myTapp que cresceu durante a incubação. Segundo o CEO da startup que desenvolve soluções para automatização de chopeiras, Mateus Bodanese, no ano em que entraram na incubação, a empresa faturava R$ 8 mil. Após a graduação, a previsão é faturar R$ 2,8 milhões até o final de 2018. “Entramos no processo de incubação virtual no final de 2015 e, com certeza, nos ajudou muito a desenvolver a maturidade que a empresa se encontra neste momento. O network gerado é uma das melhores vantagens, pois aproxima empresas de negócios diferentes mas com problemas similares e todas com o espírito de se ajudarem”, conta.

O MIDITEC já foi eleito a 5ª melhor incubadora do mundo pela UBI Global e quatro vezes a melhor do país pela Anprotec. Ano passado as startups incubadas faturaram aproximadamente R$ 5 milhões e geraram mais de 100 empregos no estado. No total, desde 2013, as empresas incubadas e graduadas captaram cerca de R$175 milhões em investimentos e destes R$139 milhões foram investidos em pesquisa e desenvolvimento.

Matéria elaborada pela Dialetto.

Anúncios

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s