→ Estratégias

Quatro tecnologias para atender melhor o consumidor

Do momento do checkout ao valor do frete e agilidade de entrega, cada vez mais varejistas estão utilizando soluções para se manterem competitivos no mercado

A transformação digital avançou nos últimos anos no varejo, tornando indispensável o uso de tecnologias para melhorar a experiência do consumidor. Os clientes, além de estarem mais tecnológicos, têm mais acesso a informações e exigem um atendimento personalizado, ainda que ele seja remoto ou autônomo. Do momento do checkout ao valor do frete e agilidade de entrega, cada vez mais varejistas estão utilizando soluções para não ficar para trás em relação aos concorrentes e se manterem competitivos no mercado. 

Ao unir o lado humano com as tecnologias disponíveis, as empresas poderão ter mais sucesso ao prover às pessoas as informações que elas precisam e desejam de fato. Nesse sentido, separamos quatro tecnologias que estão melhorando os atendimentos:

Pagamentos nove vezes mais rápido

Disruptiva no mercado brasileiro, hoje já há tecnologias que permitem que o consumidor realize seu pagamento apenas com o rosto, sem precisar estar portando cartão físico, celular ou dinheiro. Isso significa uma experiência de compra nove vezes mais rápida que as demais — evitando filas, burocracias e ajudando no aumento de tráfego de consumidores no local. Com solução desenvolvida pela startup Payface, varejistas como Super Muffato, no Paraná; Zona Sul, no Rio de Janeiro, e Supermercados D’Ville, em Minas Gerais, já contam com a solução implementada. “Com a ferramenta, é possível oferecer mais praticidade e segurança, integrando a identificação e o pagamento em um só processo e garantindo um processo 100% assertivo para as lojas. Atualmente, a identificação pelos clubes de benefícios não traz essa certeza, já que o consumidor pode digitar um CPF de outra pessoa, por exemplo, caso ele queira pontuar para um membro da família. Isso acaba misturando informações de consumo no CRM”, conta Eládio Isoppo, CEO e cofundador da fintech.

Ferramenta detecta comportamentos fora do padrão e emite alertas

A ruptura é um dos maiores desafios enfrentados pelo varejo e resolver essa questão pode gerar um incremento importante nas vendas. Isso porque, quando a pessoa compradora não encontra o produto na prateleira, ela tende a procurá-lo em outra loja ou substituí-lo por outra marca, prejudicando assim varejista e indústria. A tecnologia é uma grande aliada para garantir que os itens estejam disponíveis na prateleira e que o consumidor fique satisfeito. Um exemplo é a ferramenta Involves Doors, desenvolvida pela retail tech Involves, que usa inteligência artificial para detectar diariamente comportamentos fora do padrão em cada SKU (Stock Keeping Unit, em português Unidade de Manutenção de Estoque) e dispara alertas automáticos para que a equipe de reposição verifique os produtos e resolva o problema o mais rápido possível. O Head de produtos de varejo da Involves, Otávio Senna, explica que a correção ágil dos problemas de execução aumenta o faturamento dos estabelecimentos. “Temos casos como o do Althoff Supermercados que recuperou mais de R$ 115 mil em vendas em três meses usando a solução”, conta.

Solução de fretes diminui custos e amplia competitividade de lojistas no e-commerce

Um dos fatores decisivos na hora de finalizar uma compra digital recai sobre o valor do frete e a agilidade na entrega. De acordo com Jaison Göedert, cofundador e CEO da Magazord — startup desenvolvedora de plataforma completa para e-commerce —, de nada adianta ter um produto de qualidade, com preços atrativos, se o preço do frete não for competitivo. “Pensando nisso, desenvolvemos nosso próprio gateway de frete: associado a mais de 30 transportadoras, as negociações são baseadas em volume total de carga dos lojistas. Com isso, possibilitamos ótimos preços para nossos mais de mil clientes, do pequeno ao grande”. Como resultado, a empresa já processou mais de 10 milhões de pedidos, sendo mais de 3,6 milhões nos últimos 12 meses. “O fato desse gateway ser integrado à plataforma de vendas e gestão da loja permite ao cliente configurar descontos especiais, assim como frete grátis. Agregando ainda mais valor ao consumidor final”, complementa Göedert.  

Solução unificada para o comércio
A capacidade de manter a promessa omnichannel, de forma lucrativa, é fundamental para os líderes de varejo. O Manhattan Active Omni, da Manhattan Associates,  é uma ferramenta de comércio unificada, com um conjunto de soluções de gerenciamento de pedidos, estoque, atendimento, engajamento do cliente e ponto de venda. Segundo o diretor de Vendas e CS da Manhattan, Marco Beczkowski, a tecnologia permite derrubar as fronteiras entre os canais. “Os recursos são universais, disponíveis para qualquer membro da equipe, em qualquer local, a qualquer momento — por meio de uma única solução. Todos têm a mesma visão holística dos consumidores, histórico e transações — independentemente do canal — com recursos de gerenciamento de casos, monitoramento de redes sociais e comunicação”, explica.

Deixar um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s