Legado da pandemia para startups: Investidor-anjo, sim. E cliente-anjo, também
→ Tendências

Legado da pandemia para startups: Investidor-anjo, sim. E cliente-anjo, também

Por Paulo Lazári, cofundador e CEO da Recrutei* Para sair do papel, os projetos das jovens empresas de base tecnológica – as startups – muitas vezes dependem do apoio de investidores-anjos. Recebem esse nome porque é exatamente isso o que representam para os empreendedores nessa fase: são pessoas (normalmente profissionais maduros e experientes nas suas … Continuar lendo